segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Até cordeiros virarem Leões


Nessa postagem inaugural eu achei interessante escrever um pouco sobre uma frase que insiste em não deixar meus pensamentos. A frase, como alguns devem saber, aparece no novo filme do boníssimo diretor Ridley Scott, Robin Hood. O filme não é lá tão bom, porem a frase "Lute e Lute Novamente, Até Cordeiros Virarem Leões." me chamou muita atenção. Gostaria de dividir a sensação que tive sobre tal frase: Ela me passa uma determinação monumental, onde não importa as condições e os problemas o objetivo será atingido, a meta cumprida. Não importa se parece impossível, mudaremos o que for preciso e transformaremos o que for necessário para atingirmos o nosso ideal. Mais que isso, a frase me instiga a pensar que o objetivo será alcançado mas não sem integridade e honra, pelo simples fato de que cordeiros e leões são animais tidos como nobres em diversas culturas, com o diferencial de que a ovelha precisa ser pastoreada e o leão é independente, é o rei. Me vem a mente a necessidade de uma mudança de postura, da submissão para uma suficiência.
Não quero incitar nenhum rebelde sem causa mas, a questão é; será que não temos causas. Até quando nosso consentimento será submissão, até quando nossos desejos individuais maiores que nossos exercícios de cidadania.

Qual será o preço do nosso conformismo?
A resposta dessa pergunta cabe a cada um individualmente mas, as consequências dela, serão colhida por todos.

"Rise and Rise Again, Until Lambs Become Lions"

4 comentários: